Archive for Janeiro, 2012

Big Brother Brasil é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, e no dia-a-dia. Agora a grande polêmica é Daniel, pelo suposto caso de estupro com Monique, participante do BBB12, e como já se tornou um caso de polícia, ninguém poderia deixar passar em branco esse fato sem expressar sua opinião em relação a isto.

Na minha cabeça isso é pura jogada de mídia, ou até mesmo armação do BBB, com o objetivo de ganhar mais audiência, não é a primeira, nem a última vez que isso ocorre em um reality show e nem será, além de os participantes não terem nenhuma punição pelo erro cometido. Há outros critérios que deveria ser avalidos por parte do programa, um preconceito que pode ser visto facilmente, a questão da cor da pele, o racismo.

Nenhum dos dois estão corretos, todos os participantes são adultos o suficiente pra saber diferenciar o que é certo e errado, afinal o Brasil todo está observando, Daniel deveria ter ao menos senso das consequências pelas atitudes dele, quanto Monique também ao exagerar na bebida.

Achei certo a expulsão dele, e isso deveria ser feito com qualquer pessoa, independente de cor ou raça, porém a outra não deveria sair como vítima. Até que ponto as pessoas acham que os brasileiros são ignorantes? a nos fazer acreditar em polêmicas criadas, coisas que acontecem ali, são apenas notícias que eles tendem a distorcer e mudar todos os fatos. Segundo notícias na internet, ela estava apenas dormindo, e do nada perdeu todos os sentidos do corpo? HÃ

Outra coisa que acho engraçado é a mania das pessoas fazerem piadinhas com algo tão sério, enquanto os produtores do programa, estão ganhando milhões às custasda audiência que vocês dão, por isso que não apoio nenhum reality show, ao analisar a forma que as pessoas se expoem, e como são julgadas lá, depois que a pessoa sai do programa são descobridas tantas personalidades que nem a mesma conhecia. Se é ipobe que a emissora da Globo quer, isso foi adquirido graças a todos nós.

Um grande exemplo disso é a Jaqueline do BBB, é tanta gente falando “ah, mas baiano não é assim” pra mim ela está sendo a mais verdadeira na casa, e se colocaram ela como tentativa de representar os baianos, eles conseguiram, mania das pessoas acharem que todos os baianos são iguais, cada um com suas manias, com seu jeito de ser, ela é uma das que é um pouco diferente de todos nós. Dai surgi, o preconceito, Brasil é um país onde há uma sociedade que ainda não aprendeu a conviver com diferentes culturas, infelizmente.

Facebook é um exemplo de algo que já se tornou irritante, mensagens, fotos que não me acrescentam em nada… As pessoas deviam medir um pouco as palavras, afim de tentar parar de aparecer, só isso. Só assisto de vez em quando, pois negar esse hábito seria hipocrisia. Ao contrário de muita gente, não faço muita questão, não falo bem, nem mal, não voto pra ninguém sair. QUER SABER? PRA MIM TANTO FAZ!

O que mais existe na internet é falso moralista, por isso que antes de compartilhar qualquer coisa na internet, ou falar sobre algum assunto, penso em que fundamento teria eu postar aquilo, é que as vezes fica difícil ver tanta gente indo pela cabeça dos outros, sem falar nada. 

Há muitas coisas importantes que devem ser resolvidas no nosso país, e enquanto tudo só tende a piorar, corrupção, violência, enchentes… Todos preferem ligar a tv para esquecer um pouco os problemas da realidade, mas no dia seguinte as consequências voltam. É essa minha opinião.

Danielle Castro 

Anúncios

Read Full Post »

Ontem depois que você foi embora confesso que fiquei triste como sempre.

Mas, pela primeira vez, triste por você. Fico me perguntando que outra mulher ouviria os maiores absurdos como eu, e, ainda assim, não deixaria de olhar pra você e ver um homem maravilhoso.

Que outra mulher te veria além da sua casca? Você não entende que está perdendo o paladar para o que a vida tem de verdadeiro e bom. É tanta comida estragada, plastificada e sem sal, que você está perdendo o paladar para mulheres como eu. E você não sabe como vale a pena gostar de alguém e acordar ao lado dessa pessoa, ouvindo ela respirar quietinha enquanto dorme, linda. E quando você dorme quietinho assim, eu sei que, apesar de eu não abalar sua vida em nada, você precisa de mim.

Você não sabe como isso é infinitamente melhor do que acordar com essa ressaca de coisas erradas e vazias. Ou sozinho e desesperado pra que algum amigo reafirme que o seu dia valerá a pena. Ou com alguma garotinha boba que vai namorar sua casca. A casca que você também odeia e usa justamente para testar as pessoas “quem gostar de mim não serve pra mim”.

E eu tenho vontade de segurar seu rosto e ordenar que você seja esperto e jamais me perca e seja feliz. E entenda que temos tudo o que duas pessoas precisam para ser feliz. A gente dá muitas risadas juntos. A gente admira o outro desde o dedinho do pé até onde cada um chegou sozinho. A gente acha que o mundo está maluco e sonha com sonos jamais despertados antes do meio-dia. A gente tem certeza de que nenhum perfume do mundo é melhor do que a nuca do outro no final do dia. A gente se reconheceu de longa data quando se viu pela primeira vez na vida.

E você me olha com essa carinha banal de “me espera só mais um pouquinho”. Querendo me congelar enquanto você confere pela centésima vez se não tem mesmo nenhuma mulher melhor do que eu. E sempre volta. Volta porque pode até ter uma coxa mais dura. Pode até ter uma conta bancária mais recheada. Pode até ter alguma descolada que te deixe instigado. Mas não tem nenhuma melhor do que eu. Não tem.

Porque, quando você está com medo da vida, é na minha mania de rir de tudo que você encontra forças. E, quando você está rindo de tudo, é na minha neurose que encontra um pouco de chão. E, quando precisa se sentir especial e amado, é pra mim que você liga. E, quando está longe de casa gosta de ouvir minha voz pra se sentir perto de você. E, quando pensa em alguém em algum momento de solidão, seja para chorar ou para ter algum pensamento mais safado, é em mim que você pensa. Eu sei de tudo. E eu passei os últimos anos escrevendo sobre como você era especial e como eu te amava e isso e aquilo. Mas chega disso.

Caiu finalmente a minha ficha do quanto você é, tão e somente, um cara burro. E do quanto você jamais vai encontrar uma mulher que nem eu nesses lugares deprê em que procura. E do quanto a sua felicidade sem mim deve ser pouca pra você viver reafirmando o quanto é feliz sem mim e principalmente viver reafirmando isso pra mim. Sabe o quê? Eu vou para a cama todo dia com 5 livros e uma saudade imensa de você. Ao invés de estar por aí caçando qualquer mala na rua pra te esquecer ou para me esquecer. Porque eu me banco sozinha e eu me banco com um coração. E não me sinto fraca ou boba ou perdendo meu tempo por causa disso. E eu malho todo dia igual a essas suas amiguinhas de quem você tanto gosta, mas tenho algo que certamente você não encontra nelas: assunto. Bastante assunto.

Eu não faço desfile de moda todos os segundos do meu dia porque me acho bonita sem precisar de chapinha, salto alto e peito de pomba.

Eu tenho pena das mulheres que correm o tempo todo atrás de se tornarem a melhor fruta de uma feira. Pra depois serem apalpadas e terem seus bagaços cuspidos. Também sou convidada para essas festinhas com gente “wanna be” que você adora. Mas eu já sou alguém e não preciso mais querer ser. E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado.

Tati Bernardi

Read Full Post »

A PRIMEIRA POSTAGEM!

Daqui pra frente aqui pode ser meu diário, ou não. É sempre bom no final do dia, a pessoa abrir aqui e contar um pouco sobre si mesma, sobre o que sabe em palavras, confesso que não sou muito boa nisso,em palavras, mas espero que aqui seja meu cantinho de refúgio, para eu sentir orgulho quando ver, apenas.

Read Full Post »