Archive for Junho, 2012

Image

Porque, na maioria das vezes, só damos valor a algo ou alguém depois que perdemos? Essa é uma questão de extrema importância, ao meu ver. As pessoas costumam não dar muito valor as coisas que elas tem. Ou talvez, não o devido valor. Sempre pensam que a “grama do vizinho é mais verde”, ou seja, que as outras pessoas sempre têm coisas melhores. É incrível como as pessoas têm essa capacidade de nunca estarem contentes com o que têm. E o pior de tudo, é que só aprendem a dar o verdadeiro valor, quando perdem. Acredito que isso aconteça, porque no momento em que você perde algo, você terá que conviver sem ele. É ai, que você realmente saberá a falta que isso faz em sua vida. É quando aquela pessoa que sempre te ajudou, sempre esteve ao seu lado se afasta que você percebe que ela, de fato, fazia toda a diferença na sua vida. Mas quando você se der conta disso, pode ser tarde demais. É tarde, quando você espera um ente querido falecer, para então, sentir sua falta. É tarde quando você espera um coração ser partido, para descobrir que era esse coração que te completava. É tarde demais esperar perder, às vezes essa perda pode ser para sempre. Nem todas as pessoas estão dispostas a serem magoadas e esperar até que você caia na real. Uma vez desperdiçada a oportunidade que nos é apresentada, dificilmente conseguiremos provar a essa pessoa que realmente mudamos, que realmente sabemos dar valor a ela. Principalmente quando deixamos passar muito tempo. Essa pessoa pode já ter tomado outro rumo, o qual você já não faça mais parte.

Gosto muito de uma música que diz: “Cuide bem do seu amor, seja quem for…”. Para não se arrepender depois, e tentar correr atrás do tempo perdido.

Temos que aprender a valorizar as pessoas que estão ao nosso redor. Todas elas! Pois ninguém dura para sempre. Ninguém espera alguém para sempre. E perceber a falta de alguém só depois da sua partida, realmente, pode ser tarde demais! 

Só sabemos o valor que uma pessoa tem na nossa vida,

quando nos imaginamos longe dela.

Só sabemos o valor de uma mensagem,

quando esperamos por ela e ela parece que nunca chega.

Só sabemos o valor de um olhar, de um sorriso,

quando deixamos de recebê-los.

Só sabemos o valor de um amor,

quando sentimos o nosso coração vazio.

Só sabemos o valor de um sonho,

quando percebemos que é impossível torná-lo realidade.

Há coisas que se perdem nem sabemos bem porquê! Quando as perdemos reconhecemos finalmente o valor que tinham na nossa vida.

Por isso devemos aproveitar a cada minuto as pessoas que amamos, as mensagens que recebemos, os olhares, os sorrisos, o nosso amor, os nossos sonhos, e, principalmente, viver e dar valor à vida.

Read Full Post »

MODA VINTAGE

Não poderia deixar de fazer uma publicação no blog sobre essa moda, iniciados nos anos de 1920 a 1980, porém vem sendo adotado esse estilo atualmente, englobando outras tendências como pin up e vintage. São peças fáceis de serem encontradas em qualquer loja, e ao contrário do que muita gente pensa não é um bicho de sete cabeças montar um look adequado ao estilo, o fundamental é ter imaginação e criatividade.

Vintage é uma moda retrógrada, uma recuperação de estilos dos anos 1920, 1930, 1940, 1950 e 1960. As roupas vintage são roupas antigas, clássicas, como peças jeans e roupas copiadas das décadas anteriores, como vestido de pôa.

Image

Calça com cintura alta, blusinhas balonê, cintos demarcando a cintura, tudo isso volta com tudo e o estilo vintage passa a ter evidência no mundo da moda. Mas, você sabe o que é vintage? ‘Vint + age’ é uma expressão inglesa utilizada pelos produtores de vinho e significa ‘a idade do vinho’.

Image

Destinadas à exibição informal, as pin-ups constituem-se num tipo leve de erotismo. As mulheres consideradas pin-ups são geralmente modelos e atrizes, mas também se pode encontrar outros tipos de Pin Up’s que são as mais “comportadas”, porém utilizam um pouco do erotismo da Pin-Up. Embora elas sejam realmente muito sensuais, temos a mistura do clássico romantismo. Uma das marcas de uma Pin-Up é a Cereja, batom bem forte, delineador entre outros .

A moda “pin-up” é um exemplo de “moda vintage”. Não apenas roupas antigas são vintages, segundo jornalistas de moda, e stylists, roupas com tecidos propositalmente desgastados também são chamados vintage, justamente por ter uma aparência de usado, antigo, de outra época. As roupas vintage são facilmente encontradas em brechós, um estilo anos 50 ou até mesmo camisetas e shorts de rock dos anos 90, também é vintage.

O que me chama bastante atenção são os corsets, que podem ser substituidos por uma blusa tomara-que-caia, devido ao preço altissimo disponibilizado desta peça. Meu sonho de consumo, está ai uma ótima opção se alguém quiser me presentear.

Read Full Post »

RAIO X de Danielle Cerqueira de Castro

Idade: 18 anos

Estado Civil: Solteira

Baladeira ou caseira? Caseira

Um defeito: Timidez, Perfeccionista (Não sei se pode se considerar um defeito, eu acho)

Uma qualidade: Flexível

Livro: Capitães de Areia

Filme: Se beber, não case

Música: Só por uma Noite – Charlie Brown

Estilo de música: Eletrônica, Internacional

Comida preferida: Tapioca

Doce: Brigadeiro

Bebida: Suco de caju

Uma mania: Tique nervoso nas pernas, mexer no celular demais.

Time de coração: Bahia de Salvador

Viagem: Itacaré, Bahia.

Medo: Não diria medo da morte, tenho medo de morrer de uma forma muito cruel.

Sonho: Fazer intercâmbio em outro pais, para fazer cursos seja de web design ou maquiagem.

Animais de estimação: Não tenho

Um make que não vive sem: Delineador

Esmalte preferido: Não me ligo muito nessas coisas rs

Qual acessório mais gosta? E qual não vive sem? Amo pulseiras. Não vivo sem brincos.

Qual seu estilo? Eclética

Que tipos de roupas e sapatos gosta mais de usar? Simples. Gosto de vestir jeans, shorts e raramente bermudas no dia-a-dia. Adoro usar preto, não me arrisco muito em combinações diferentes, estampas ou algo que todo mundo usa. Compro roupas que sei que vou usar.

Qual coisa te deixa triste? Traição

O que te deixa feliz? Abraços

O que tira você do sério? GENTE INCOVINIENTE!

O que mais gosta de fazer? Dormir

O que não gosta de fazer? Acordar cedo

Quais coisas você não viveria sem? Família, internet e amigos

Qual a pessoa que mais ama no mundo? Deus

Você esta conseguindo tudo o que desejou até hoje? Consigo bastante, mas há coisas que levam um pouco de mais tempo.

Como são seus dias? Estudar, estudar e estudar!

Faz faculdade? Ciências Contábeis

O que queria ser quando crescer? Cientista, ironia do destino.

E hoje qual sua profissão? É o que você sonhava? O que você faz? Sonhava em ser muitas coisas, as quais não lembro, vou começar o primeiro semestre na faculdade em agosto.

Uma frase: Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro – Clarice Lispector

Read Full Post »

OPORTUNIDADES E SAUDADES

Ás vezes surgem oportunidades na vida que são abertas para abrir os olhos para novos horizontes, conforme o tempo são surgidas necessidades, e temos que tomar decisões que jamais havia-se imaginado. Para trilhar novos caminhos, temos que aprender a pensar mais em si mesmo, e deixar os outros em segundo plano, em algumas situações, infelizmente. Deixar alguns amigos é uma tarefa difícil, e passar por isso não parece nem um pouco fácil pra mim.

Foco sempre! É o segredo da felicidade, ficar presa ao passado não. Inovar, mudar, experiências e momentos são feitos para serem vivenciados. Decidi não mais viver em função dos outros, e ir em buscar dos meus objetivos. Há tantas coisas pela frente na luta de um futuro melhor.

Passei em 7º lugar em Ciências Contábeis na FAT (Faculdade Anísio Teixeira) de Feira de Santana – Bahia e estou orgulhosa de mim mesma, peço que se for da vontade de Deus que me abençoe nesta nova jornada. Ainda há muitas coisas a serem conquistadas, sei que muitos vão me olhar torto pela escolha que tomei, porém o que os outros pensam já se tornou algo irrelevante na minha vida.

Faculdade, estudos, contas, academia, auto-escola, e outras atividades agora estarão presentes na minha rotina. Estresses do colégio não iram mais empatar meu tempo. Se acomodar? Jamais! Esforço e motivação seram duas coisas importantes para mandar bem nos primeiros semestres.

Fiquei dividida entre duas coisas oportunidades e saudades, mas decidi abraçar aquilo que me faz feliz, se é isto que realmente importa.

Danielle Castro

Read Full Post »